‘Nas prisões privatizadas temos seres humanos transformados em mercadoria’