Presidente da CNBB reúne-se com coordenação nacional da Pastoral Carcerária

 Em Notícias

2012 PCr_com_dom_RaymundoO cardeal dom Raymundo Damasceno Assis, arcebispo de Aparecida e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), reuniu-se na terça-feira, 18 de dezembro, na mitra arquidiocesana de Aparecida, com a coordenação nacional da Pastora Carcerária.
Padre Valdir João Silveira, assessor nacional da PCr, e José de Jesus Filho, assessor jurídico, apresentaram ao Cardeal a estruturação administrativa da coordenação nacional, detalhes da análise institucional em curso, e de como é feita a assessoria aos agentes da Pastoral em todo o país, através de assembleias, reuniões formativas, acompanhamento das visitas a unidades prisionais e fornecimento de subsídios para a formação cristã nos cárceres.
Dom Raymundo também tomou conhecimento das ações da PCr por políticas públicas referentes a questões como porte de armas, privatização de presídios, conselhos da comunidade, situação das mulheres encarceradas, combate à tortura e atuação das defensorias públicas e das ouvidorias externas e independentes.
Padre Valdir e José Filho detalharam como a Pastoral atua pela Justiça Restaurativa. Dom Raymundo avaliou positivamente os trabalhos e se dispôs a estimular junto aos bispos do Brasil que haja mais formações sobre esta temática.
O presidente da CNBB também foi informado sobre a situação carcerária no Brasil, marcada pelo encarceramento em massa, superlotação das unidades prisionais e alternativas ineficazes de resolução, como os presídios privatizados, e disse que levará pessoalmente ao conhecimento do papa Francisco tais realidades, bem como as demandas da Pastoral Carcerária.
Dom Raymundo, por fim, manifestou apreço pelo trabalho realizado pela PCr e disse que não medirá esforços para apoiar a atuação da Pastoral, se propondo, inclusive, a falar com outros bispos do Brasil para que na formação dos seminaristas haja estágio na Pastoral Carcerária.

DEIXE UM COMENTÁRIO