Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Padre Valdir João Silveira é reeleito coordenador nacional da Pastoral Carcerária

 em Notícias

Interna assembleiaA Pastoral Carcerária Nacional realizou entre 7 e 9 de novembro, na Casa de Retiros Cenáculo, em Belo Horizonte (MG), sua assembleia nacional, durante a qual houve a reeleição do Padre Valdir João Silveira, da PCr de São Paulo, como coordenador nacional da Pastoral.

Na oportunidade, o Padre Gianfranco Graziola, Missionário da Consolata e integrante da PCr de Roraima, foi eleito vice-coordenador nacional da Pastoral Carcerária, substituindo à Irmã Petra Silvia Pfaller, da Congregação das Irmãs Missionárias de Cristo, que foi eleita coordenadora nacional para a questão da mulher presa.

A assembleia teve como tema “Evangelização e dignidade humana por meio da presença da Igreja nos cárceres através das equipes de pastoral na busca de um mundo sem cárceres!” e contou com a participação dos coordenadores estaduais da pastoral e de Dom Pedro Luiz Stringhini, bispo de Mogi das Cruzes (SP) e atual bispo referencial da Pastoral no Brasil.

Entre as atividades realizadas, houve a partilha de experiências, trabalhos, lutas e desafios dos representantes dos 22 estados e do Distrito Federal que estiveram na assembleia, além da avaliação das ações da coordenação nacional da PCr nos últimos quatro anos, nos âmbitos financeiro, de ação em favor das mulheres presas, e nas atividades das assessorias jurídica, de comunicação e de saúde.

Os integrantes da PCr também socializaram preocupações com o aumento do encarceramento no Brasil e com o tratamento degradante a que estão submetidas as pessoas presas. Foram destaques nas reflexões os temas da Justiça Restaurativa, atenção às condições das mulheres presas, e empenho pelo fim da revista vexatória, os quais constituem desafios para a Pastoral em nível local e nacional nos próximos anos.

Aconteceram, ainda, reflexões sobre as perspectivas e desafios atuais para a organização interna da Pastoral e para a luta contra o encarceramento em massa e as violências sofridas pelas pessoas presas, suas famílias e comunidades.

Conforme o Regimento Interno da Pastoral Carcerária, a assembleia nacional ocorre a cada dois anos com a finalidade de: tratar das linhas, projetos e definições da PCr em nível nacional; avaliar os relatórios trazidos pelos coordenadores regionais, estaduais e nacionais; e eleger, a cada quatro anos, os membros da coordenação nacional – coordenador, vice, e coordenadora nacional para a mulher presa – com mandatos de quatro anos, passíveis de uma reeleição consecutiva.

Recommended Posts

Deixe um comentário