Pastoral Carcerária de Santa Catarina elege nova coordenação

 Em Notícias

De: CNBB Regional Sul 4

“Estive preso e vieste me visitar” (Mt 25, 36) – Com esse lema em mente a Pastoral Carcerária, uma pastoral social ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), age junto às pessoas presas e suas famílias. E para impulsionar este serviço evangelizador, no último sábado, 19 de setembro, em Assembleia Estadual, de modo virtual, a liderança da Pastoral Carcerária de Santa Catarina elegeu Newton Almeida como novo coordenador estadual e Juliana Kades como vice. A nova coordenação segue a frente da pastoral nos próximos dois anos.

Os novos coordenadores são moradores da Arquidiocese de Florianópolis, e carregam em suas histórias de vida a importância deste serviço pastoral. Newton Almeida cumpriu pena no presídio masculino de Florianópolis entre 2007 e 2011, e desde 2008 acompanha de perto o trabalho da Pastoral Carcerária. Já Juliana Kades atuou na Pastoral Carcerária e na articulação das pastorais sociais quando ainda estava a serviço da Diocese de Caçador, até no início de 2020.

De acordo com o novo coordenador, chegar a coordenação estadual era algo inimaginável, uma vez que este serviço sempre foi exercido por padres. “É a primeira vez que um leigo assume a coordenação da Pastoral Carcerária no Regional Sul 4 da CNBB. Temos a missão de agora formar novos agentes para a pastoral e idealizar projetos que favoreçam os agentes e as pessoas presas”, contou.

Newton Almeida destacou ainda, que, “uma das principais metas da pastoral hoje é a aproximação com a família das pessoas presas. Dentre os nossos planos temos como ponto fundamental a busca de maneiras para estreitar as relações entre Pastoral Carcerária e familiares”.

Para saber mais informações ou entrar em contato com a Pastoral Carcerária de Santa Catarina, envie um e-mail para coordenacaoestadualpcr@yahoo.com.

DEIXE UM COMENTÁRIO