Em Mato Grosso do Sul, presas têm momento de fé diante do Santíssimo Sacramento

 Em Notícias

0706 Santissimo prisao no MSMomentos de fé e adoração marcaram a celebração de Corpus Christi, em 26 de maio, no Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi (EPFIIZ), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.
As presas receberam a passagem da hóstia consagrada nas mãos do Padre Hernani Pereira, da Arquidiocese de Campo Grande, e muitas ficaram visivelmente emocionadas.
Padre Hernani expôs o Cristo Eucarístico, por meio do ostensório, para que as presas pudessem ter um momento de espiritualidade e de orações junto ao Santíssimo.
“Hoje foi dia de Jesus vir mais próximo desses nossos irmãos”, disse emocionada Maria do Rocio, participante da PCr de Campo Grande. “Servir ao Meu Pai é uma bênção… e então, hoje Ele decidiu visitar o cárcere e pegou na minha mão e nas mãos de meus irmãos e nos convidou a irmos com Ele e ‘… estive preso, e fostes visitar-me’ (Mt 25,36)”, completou.
A iniciativa teve o apoio da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). Segundo a diretora do presídio, Mari Jane Boleti Carrilho, essa ação, realizada com as presas, é um momento de reflexão, que eleva a autoestima e as faz analisarem o próprio comportamento. “As custodiadas sempre têm aceitado e respeitado o trabalho religioso realizado como forma de acalmar e tranquilizar o ambiente”, comentou.
Para o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, a assistência religiosa é um dos pilares no processo de reinserção social das apenadas e apenados do Estado. “Temos na Pastoral Carcerária uma importante parceira em várias ações e possibilitar momentos ímpares como esse às nossas custodiadas é uma grande demonstração disso”, afirma.
Fontes: Agepen e Arquidiocese de Campo Grande
 
FAÇA PARTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

DEIXE UM COMENTÁRIO