PCr da Paraíba completa 30 anos e irá lançar livro celebrando sua história

 Em Igreja em Saída, Notícias

A Pastoral Carcerária na Paraíba completa 30 anos de existência e serviço missionário. Para celebrar a ocasião, será lançado um livro contando a história da PCr no estado. A diocese de Campina Grande divulgou sua parte no livro, contando a história da PCr no local, saudando o trabalho realizado e os agentes que se dedicaram e se dedicam a lidar com a dura realidade do cárcere no local.

O trabalho desenvolvido pela pastoral não pode ser visto como uma espécie de favor ou ainda beneplácito pessoal. O próprio Senhor exige de nós um compromisso efetivo com os irmãos aprisionados. Ele mesmo se identifica como um deles, conforme o texto de Mateus (‘estava na prisão e viestes a mim’. cf. Mt. 25,36) que inspirou, basicamente, o posterior elenco das obras de misericórdia.

O lugar que os presos ocupam nessa mensagem foi seguramente influenciado pelo clima de perseguição aos seguidores de Jesus. Por isso, é também dentro do conjunto desse campo do sentido que importa ver a insistência dos primeiros cristãos naquilo que não era visto apenas como um gesto de caridade, mas como sinal de anúncio de um mundo diferente, ou seja, de um mundo onde caibam todos.

Atualmente a Pastoral Carcerária continua com o mesmo vigor e alegria no exercício da sua árdua missão. Com mais de uma centena de agentes tem procurado cumprir bem o seu papel em defesa da vida com dignidade, e como assevera o Papa Francisco são uma ponte entre a sociedade e a triste realidade prisional.

A Pastoral Carcerária Nacional felicita os 30 anos da PCr  da Paraíba e da diocese de Campina Grande, e vê o testemunho de dedicação de todos que trabalharam e trabalham como grande fonte de inspiração. Em união com todas e todos os agentes do país, seguimos  na busca do sonho de deus de um mundo sem cárceres.

DEIXE UM COMENTÁRIO