Nota Pública: Sigamos o Papa Francisco no caminho do amor aos empobrecidos e no clamor por justiça

 Em Igreja em Saída, Notícias

“«Continuemos a trabalhar para construir pontes…,
pontes que nos permitam derrubar
os muros da exclusão e da exploração».
Enfrentemos o terror com o amor!.”
(Discurso ao encontro mundial dos movimentos populares,
5/11/2016, Roma)
Papa Francisco

O atual presidente do Brasil tentou profanar o santuário nacional de Nossa Senhora Aparecida, no dia 12 de outubro, fazendo uso da fé para fins politiqueiros. Por isso foi criticado por lideranças, padres e bispos em comunhão com a Doutrina Social da Igreja.

Para justificar a agressão de Bolsonaro à Igreja e tentando criar um fato midiático no momento em que o presidente da República está sendo responsabilizado pela CPI da Pandemia no Senado pelas centenas de milhares de mortes pela COVID-19, que poderiam ter sido evitadas; um deputado estadual paulista, que faz parte de seu grupo de ódio, atacou de forma vil, desonesta e criminosa o Papa Francisco, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, o Arcebispo de Aparecida e os movimentos sociais sem-terra.

Imediatamente após isso, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Conselho Episcopal Latino Americano (CELAM), a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), o Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB) manifestaram-se, em defesa do Santo Padre e dos religiosos atacados, clamando por justiça e para que parem imediatamente com o discurso de ódio e da mentira. Aqui nos somamos no mesmo clamor: basta de ódio e de mentiras!

O que estamos vendo no Brasil e em vários outros países é uma ação orquestrada por grupos de caráter nazifascista e organizações de extrema-direita que atacam o Papa Francisco e a Igreja Católica em sua caminhada ao lado dos empobrecidos, dos movimentos sociais e das pessoas que acreditam em Jesus Cristo, fiéis ao Evangelho e à Doutrina Social da Igreja.

A Igreja é a comunidade que quer amar, dialogar, compreender, construir a paz. Ao nos colocarmos ao lado do Papa Francisco, de bispos e padres atacados, dos movimentos que lutam legitimamente por terra e territórios, de irmãos e irmãs na fé e no amor a Jesus, chamamos toda a comunidade cristã e pessoas de boa vontade a se valerem desse momento para refletir sobre quais são os caminhos para vivência coerente da fé no Deus que se encarnou na história “para que todos tenham vida, em abundância” (João 10, 10). Denunciamos aqueles que, dentro ou fora da Igreja Católica, se escondem em falsos credos e que seguem líderes que promovem o ódio e a morte para tentar destruir a Igreja e atacar o Papa.

Brasília (DF), 22 de outubro de 2021.

CBJP – Comissão Brasileira Justiça e Paz
Conselho Nacional do Laicato CNLB
Núcleo de Estudos Sociopolíticos da PUC Minas (Nesp)
Movimento Nacional de Direitos Humanos – MNDH Brasil
Comissão Pastoral da Terra – CPT Nacional
Central de Movimentos Populares
Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Porto Velho/RO
POLÍTICA E RELIGIÃO (Núcleo Nacional da Teologia da Libertação)
Conselho de Leigos da Arquidiocese de Manaus/AM
Fórum Igreja e Sociedade em Ação – ES
Comissão Pastoral da Terra CPT SP
Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Luis do Maranhão
Pastoral do Menor – PAMEN
ANIMA PUC MINAS
Comissão Justiça e Paz do Regional Sul 1 da CNBB
Associação Nacional Vida e Justiça em Apoio e Defesa dos Direitos das Vítimas da COVID 19
ACAT Brasil – Ação dos Cristãos Pela Abolição da Tortura
Comitê REPAM Xingu/PA
Comissão Justiça e Paz de Palmares/PE
CEFAP – Centro de Formação de Agentes de Pastoral – BH/MG
Pastoral da Criança de Formosa/GO
Pastoral Comunidade de Manaus/AM
Prelazia de São Félix do Araguaia/MT
PasCom Arquidiocesana de Manaus
Pascom de Joinville/SC
Ordem Franciscana Secular/ Regional MG
Coletivo Popular Direito à Cidade – Porto Velho/RO
Movimento Equipes Docentes de São Paulo
Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP)
Comissão Pastoral da Terra – CPT RO
Movimento Fé e Política/ES
Comitê L. Livre Brasil e Livre Santa Catarina
Pastoral do Turismo no Brasil
Casa de Matriz Africana de Cariacica/ES
Pastoral da Mulher Marginalizada
Centro de Estudos Bíblicos do Espírito Santo – CEBI-ES
Pastoral Carcerária Nacional
COMUNA (Comunidade Presbiteriana Unida de Vitória/ES)
Ouvidoria Geral Externa da Defensoria Pública do Estado de Rondônia
Escola de Fé e Política Pe. Antônio Henrique – Olinda e Recife/PE
Paulo Jorge Ribeiro Pereira
Comissão Regional de Justiça e Paz de Mato Grosso do Sul – CRJPMS
CJPIC – MSC da Paroquia de Nossa Senhora do Sagrado Coração – Praça Seca- RJ.
Comissão de Promoção da Dignidade Humana -CPDH, Arquidiocese de Vitória ES
Comissão Justiça e Paz – CJP/Arquidiocese de Londrina/PR
Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda e Recife/PE
Círculo Palmarino ES
Movimento de Cursilhos de Cristandade da Arquidiocese de Olinda e Recife/PE
Centro Nacional de Fé e Política Dom Helder Camara CEFEP
Comitê L. Livre ES
Mandato do Deputado Federal Helder Salomão-ES
Movimento Nacional Fé e Política
Escola de Fé e Política/Diocese de Tubarão SC
Escola de Fé Cidadania e Ecologia Integral da AMSMG, Manaus/AM
AMJAP Associação dos Moradores de Jardim da Penha, Vitória ES
Pastoral da Saúde Arquidiocesana de Porto Velho-RO
Movimento Fé e Política do Grande ABC Paulista
Rede Educafro Minas
Centro Franciscano de Defesa de Direitos
Serviço Franciscano de Justiça, Paz e Integridade da Criação – Província Santa Cruz
Projeto Crescendo Juntos- Pastoral do Menor
CNLB Diocese de Tubarão
União de Mulheres de Vitória da Conquista BA
Caritas Diocesana de Palmeira dos Índios AL
Ilé Àṣẹ Ọmọlú àti Òṣún, São Bernardo do Campo/SP
Conselho Pastoral dos Pescadores-CPP
Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Santarém/PA
União Brasileira de Mulheres – UBM
CEBs de Manaus/AM
Pastoral Povo da Rua Recife PE
Escola fé e Política Pe. Ramiro Lucena Diocese de Palmares/PE
Comissão Justiça e Paz “Dom Luciano Mendes” de Candeias do Jamari/RO
Pastoral Fé e Política da Diocese de Campo Limpo/SP
Comissão Arquidiocesana Justiça e Paz, Belo Horizonte/MG
Comissão Justiça e Paz “Margarida Alves” – Zona Leste de Porto Velho/RO
Movimento Fé e Política da Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda/RJ

DEIXE UM COMENTÁRIO