“A sociedade não sabe o que aconteceu”, afirma sobrevivente do Massacre do Carandiru

 Em Combate e Prevenção à Tortura, Notícias
No último sábado, 2 de outubro, aconteceu uma aula pública sobre o Massacre do Carandiru organizada pela Frente Estadual pelo Desencarceramento, que reuniu sobreviventes do massacre, organizações e pessoas abolicionistas penais.

Foto: Vera Dalzotto

O ato aconteceu na Praça do Ciclista, localizada na Avenida Paulista (SP) como uma manifestação em memória dos 29 anos da chacina provocada pelas forças policiais, sob o comando do governo do estado de São Paulo, para que sua brutalidade e suas vítimas jamais sejam esquecidas pela sociedade civil.
André du Rap, um dos sobreviventes participantes da aula pública, estava no pavilhão 9 durante o massacre e teve que se esconder no meio de corpos para sobreviver. Confira o seu depoimento abaixo, e a transmissão completa da aula pública no Instagram da Frente Estadual Pelo Desencarceramento SP

DEIXE UM COMENTÁRIO