Centros de detenção paraguaios: degradação da pessoa e falta de dignidade