Com bispos e vice-coordenador nacional, PCr do Paraná realiza assembleia

 Em Notícias

Interna PCr Parana
A Pastoral Carcerária do Paraná reuniu-se em assembleia estadual, na cidade de Maringá, entre os dias 11 a 13 de setembro.
Os temas tratados foram o encarceramento em massa, as práticas de tortura, conselho de comunidade e Justiça Restaurativa, com assessoria do Padre Gianfranco Graziola, vice-coordenador nacional da PCr; Paulo Cesar Malvezzi Filho, assessor jurídico nacional da Pastoral; e Marco Antônio, assistente Social do Ministério Público do Paraná.
Na assembleia, foi constituída uma equipe colegiada com representantes de cada diocese, que devem se reunir a cada dois meses para avaliar e conduzir os trabalhos da Pastoral Carcerária no Paraná. Também se construiu uma agenda única da Pastoral para todos os grupos no estado.
Os debates e trabalhos da assembleia foram articulados pelo Padre Antônio Carlos da Silva, coordenador da PCr estadual.
No total, 45 pessoas das (arqui) dioceses de Maringá, Londrina, Cascavel, Curitiba, Umuarama, Campo Mourão, Paranavaí, Toledo, Foz do Iguaçu, Palmas e Francisco Beltrão e São José dos Pinhais participaram da assembleia, que também foi prestigiada por Dom José Mário, bispo auxiliar de Curitiba e referencial da Pastoral Carcerária no Regional Sul 2 da CNBB (Paraná), e Dom Anuar Battisti, arcebispo de Maringá.
Na semana posterior à assembleia, Padre Gianfranco e Padre Antônio Carlos visitaram as penitenciárias e cadeias instaladas na área de abrangência das dioceses no estado e dialogaram com autoridades paranaenses, com vistas a fortalecer o trabalho da Pastoral no estado.
(Com informações de Cristina Coelho/PCr do Paraná)
FAÇA PARTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

DEIXE UM COMENTÁRIO