Assassinato de presos do semiaberto é rotina em Aparecida de Goiânia (GO)

 Em Notícias

Desde o começo deste ano, seis presos do regime semiaberto foram assassinados ao saírem, para trabalhar, da colônia agrícola do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO), nas proximidades do local.
A informação, apurada pelo jornal O Popular, foi confirmada pela Agência Goiana do Sistema de Execução Penal (Agsep).
A agência reforçou a segurança em frente ao local nas últimas semanas, mas isso não diminui o medo de alguns presos. Um deles, R.M.A, teme ser a próxima vítima dos assassinatos. “Estou pagando minha dívida com a sociedade e quero seguir adiante, só isso”, contou na reportagem.
Pontualmente às 20h, as portas da colônia são abertas para a entrada dos presos, que recentemente estão mais resguardados pelos policiais da 8ª Companhia da Polícia Militar. Porém, entre a colônia e os lugares habitados mais próximos, há ruas escuras e mato alto, em meio ao qual existe uma árvore, com cerca de 50 metros de altura. “É ali que acontecem as tocaias”, comentaram os presos.
Fonte: jornal O Popular

DEIXE UM COMENTÁRIO