Em carta, CNBB Regional Nordeste denuncia situação prisional do Ceará

 Em Combate e Prevenção à Tortura, Notícias

No dia 08 de maio, a CNBB Regional Nordeste I divulgou uma carta sobre a situação prisional no Ceará em face à pandemia do coronavírus. Para ler a carta completa, clique aqui.

“A situação do sistema prisional em geral e do Ceará em particular já é muito dramática: superlotação, agravada com o fechamento de mais de 100 cadeias no interior do Estado; 60% dos detentos sem julgamento e presos por criminalidade patrimonial (roubo e furto); dificuldade de relação com os familiares (dificuldade de visitas, suspensão das visitas íntimas, diminuição do malote, dias diferenciados entre entrega dos malotes e visita e etc); aplicação de sanções coletivas (o que é ilegal); denúncias de maus tratos e tortura.

E essa situação se torna ainda mais dramática com a pandemia da COVID-19 que já atinge as unidades prisionais.”

 

DEIXE UM COMENTÁRIO