Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

45,5 mil pessoas privadas de liberdade realizam prova do Enem

 em Notícias

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram aplicadas nos dias 1º e 2 de dezembro a 45,5 mil pessoas, entre presos e adolescentes e jovens que estão aprisionados em  unidades de internação.

Segundo o Ministério da Educação, neste ano, o número de pessoas inscritas no Enem Prisional cresceu 19%, no comparativo com 2014. No ano passado, foram 38,1 mil inscritos.

No primeiro dia da prova, os candidatos tiveram quatro horas e meia para responder às questões de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia, durante cinco horas e meia, os inscritos participaram das provas de conhecimentos em linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática.

Participaram do exame as pessoas que estão em unidades que firmaram termo de compromisso com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que é o responsável pelo Enem em todo o país.

A prova do Enem Prisional possui o mesmo grau de dificuldade e a mesma estrutura das provas realizadas em todo o Brasil.

A nota do Enem pode ser usada para o acesso a cursos de educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e para obter bolsas no Programa Universidade para Todos (ProUni). O exame pode ser usado também para obter o comprovante de conclusão do ensino médio. A certificação pode ser solicitada pelos inscritos que tenham completado 18 anos e alcançado 450 pontos em cada uma das quatro áreas de conhecimento avaliadas, além de 500 pontos na redação. Pelo estudo, os privados de liberdade têm direito a remissão de pena: a cada 12 horas de estudos comprovado, um dia de pena é abatido.

 

Fonte: Agência Brasil

FAÇA PARTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

Recommended Posts

Deixe um comentário