Rafael Godoi, agente da PCr, analisa em estudo condições das prisões paulistas