No Maranhão, audiências de custódia desafogam prisões