Senado reconhece: existe um genocídio do povo preto em curso