Religiosa é reconhecida nos Estados Unidos por ajuda humanitária a presidiárias