Cadeia pública interditada na Bahia ainda recebe presos