Campanha nacional quer mobilização da sociedade contra revista vexatória