Organização internacional recomenda que Brasil combata abusos nas prisões