Audiência pública trata de revista vexatória na Fundação Casa