Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

17º Encontro Diocesano da Pastoral Carcerária é realizado em Governador Valadares

 em Igreja em Saída, Notícias, Sem categoria

 

Nos dias 02, 03 e 04 de março de 2018, aconteceu a 17ª assembléia tratando da temática do desencarceramento, com assessoria do padre Gianfranco Graziola, Vice-Coordenador da Pastoral Carcerária. Os pontos da Agenda Nacional pelo Desencarceramento foram apresentados e trabalhados por ele.

O encontro foi realizado na Matriz Nossa Senhora do Carmo, na Casa da Boa Notícia, na comunidade de Aimorés, no Vale do Rio Doce, e organizado pela equipe da PCR da Diocese de Governador Valadares-MG.

No encontro, cada diocese foi representada por até seis pessoas. Houve momentos de oração, partilha de experiências, além de visita à unidade prisional da cidade. “É importante a necessidade de conscientização da sociedade, que não vê com bons olhos os presos. Nosso objetivo é trabalhar por um mundo sem cárcere. O que nós entendemos por um ‘mundo sem cárceres’? Isso é possível? A Pastoral Carcerária não é um trabalho agradável, mas uma missão à luz do Evangelho e orientado pelo Papa Francisco. A igreja tem que ir atrás das ovelhas perdidas. Ela tem que sentir o cheiro delas, ousemos um pouco mais em tomar iniciativa”, afirmou o Pe. Gianfranco.

Ainda, durante o encontro se refletiu sobre o Ano do Laicato e a Campanha da Fraternidade de 2018, que aborda a superação da violência. Discutiu-se ainda sobre encarceramento em massa, e que a degradação carcerária, rebeliões, torturas e mortes, violações de direitos, superlotação e condições sub-humanas fazem parte do cotidiano de um sistema carcerário que não está em crise.

“O sistema carcerário cumpre a sua função perfeitamente: torturar e matar a população que está atrás das grades, em sua maioria pobre e negra. O sistema penitenciário só serve para oprimir”, segundo Gianfranco.

Últimos posts

Deixe um comentário