Highslide for Wordpress Plugin
Notícias › 31/05/2013

PCr participa da mutirão carcerário em Londrina (PR)

Nesta semana, nos dias 3 e 4, haverá mutirão carcerário no 4º e 5º distritos policiais de Londrina (PR). A projeção é que 30% dos presos tenham seus processos agilizados.

A atividade é articulada pela Vara de Execuções Penais, a Defensoria Pública do Paraná, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Centro de Direitos Humanos e a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Londrina.

De acordo com o padre Edivan dos Santos, coordenador arquidiocesano da pastoral, oito advogados da OAB, mais um defensor público de Curitiba trabalharão no mutirão.

“A gente espera aliviar o sistema em cerca de 30%. É um número bom, mas não resolve o problema. A média de prisão em Londrina é de pelo menos seis pessoas por dia”, afirmou o padre, em entrevista ao portal O Diário, destacando, entretanto, que o mutirão não vai libertar quem é culpado, mas analisará os casos de possível progressão de pena do regime fechado para o semiaberto, alvará de soltura para o regime aberto ou de livramento condicional.

Padre Edivan confirmou a situação precária do 5º DP, visitado na tarde de segunda-feira, dia 27. Segundo ele, as duas alas da unidade se tornaram apenas uma, devido ao grande número de pessoas presas no local.

VEJA A REPORTAGEM COMPLETA DO PORTAL O DIÁRIO


Pastoral Carcerária Nacional – CNBB

Praça Clovis Bevilácqua, 351, conj. 501 – Centro CEP 01018-001 – São Paulo, SP
Tel/fax (11) 3101-9419 – E-mail: imprensa@carceraria.org.br

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados