Presos no Pará podem participar de concurso cultural sobre o Círio de Nazaré

 Em Notícias

Presos do Estado do Pará têm até o dia 30 de agosto para inscrever telas de pintura no concurso “Inclusão pela fé: Círio de Nossa Senhora de Nazaré, como tema estético e poético da expressividade artística da comunidade carcerária”, que é promovido anualmente pela Arquidiocese de Belém, a prefeitura da capital paraense e a Pastoral Carcerária local.
O concurso, que tem por objetivo a inclusão da comunidade carcerária nesta manifestação de fé católica tradicional dos paraenses, vai premiar, em dinheiro, os três melhores trabalhos, inéditos e nunca antes expostos, que retratem a temática do Círio deste ano: “A Igreja em Oração, Unida a Maria, Mãe de Jesus”. 
Podem se inscrever apenas presos do Estado do Pará com sentença definitiva, ou condenados com processo em fase de recurso, sendo vedada a participação dos presos provisórios com tempo de privação da liberdade inferior a seis meses. Em caso de livramento condicional ou liberdade provisória, a obra poderá concorrer desde que a inscrição e a entrega dos trabalhos sejam efetivadas antes da decisão judicial.
Para efetivar a inscrição, cada participante deverá entregar, até 30 de agosto, no Setor Social da Casa Penal onde está alocado, a ficha de inscrição preenchida e a tela com a sua pintura, devidamente identificada. Caberá a cada casa penal encaminhar os trabalhos que receber para a sede da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Belém, localizada na cúria metropolitana (Avenida Governador José Malcher, 915, Bairro de Nazaré, Belém).
Os vencedores serão anunciados até 30 de setembro, e a solenidade de entrega das premiações está marcada para 25 de outubro, no Auditório do Fórum Criminal do Estado do Pará.
Todas as obras inscritas poderão ser apresentadas em exposições realizadas pela Arquidiocese de Belém e/ou parceiros e órgãos afins, sem pagamento de direto autoral aos seus criadores. No entanto, finalizada as exposições, as obras serão vendidas e os valores arrecadados revertidos integralmente a seus autores. Isso não se aplica às obras vencedoras, que serão afixadas no Museu do Círio, tal quais as condecoradas em 2012 (veja cartaz).
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (91) 4006-9200.

DEIXE UM COMENTÁRIO