Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

PCr de Goiânia realiza atividade pelo Dia do Presidiário

 em Notícias

Um encontro de reflexão com a temática da misericórdia de Deus com as pessoas encarceradas foi realizado pela Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Goiânia (GO) em 6 de agosto, por ocasião do Dia do Presidiário.

Irmã Alessandra Santana conduziu o momento de oração e meditação, a partir do Evangelho de Lucas 7, 36-50, sobre a mulher pecadora que lava os pés de Jesus com perfume e enxuga-os com os próprios cabelos. Irmã Alessandra fez um paralelo entre a atitude do Fariseu, que julga levando em conta as aparências e preconceitos, e a de Jesus, que acolhe com amor, mostrando que a justiça de Deus se manifesta com o amor que perdoa os pecados e transforma as pessoas.

Após a fala da Irmã, houve um tempo de reflexão individual, partilha de conhecimentos e troca de experiências entre os participantes, a maioria da PCr de Goiânia, mas também estiveram agentes da Pastoral Carcerária de Trindade.

A atividade foi encerrada com uma celebração eucarística, presidida pelo Padre André Luiz Drummond, que na homilia refletiu sobre a “transfiguração” que o agente da PCr sofre ao visitar os irmãos e irmãs privados da liberdade e ver em cada um deles e delas o próprio Cristo: “Estive preso e fostes me visitar…” (Mt 25,36).

Mística e espiritualidade da Pastoral Carcerária

A vida em abundância para todas as pessoas e a liberdade são pontos centrais no projeto de Deus, como mostram os livros bíblicos. O projeto de Deus sempre indica para uma sociedade em paz, onde não deveriam existir estruturas como as cadeias. Essa paz precisa ser construída diariamente por sujeitos ativos e comprometidos com a justiça social. Assim, Deus pede que cada pessoa seja profeta da justiça, e isso também vale para os integrantes da Pastoral Carcerária.

A Pastoral procura olhar e pensar toda a questão das pessoas presas: a situação em que se encontram, as estruturas das cadeias e prisões, e até da própria sociedade, com o olhar de Cristo bom samaritano (cf. Lc 10, 25-37). Ela crê firmemente no poder de Jesus Crucificado, ressuscitado, e interpreta e trabalha na realidade prisional-penitenciária à luz da pessoa e da prática de Jesus Cristo. Por isso, a espiritualidade da Pastoral é a oração, contemplação, ação do agente pastoral ao se colocar e atuar dentro do mundo dos presídios, na sociedade e na Igreja, por causa de seu compromisso com as pessoas presas.

Nesse sentido, a vida espiritual do agente da PCr deve ser nutrida pela oração, participação na Eucaristia e nos sacramentos e atuação na dinâmica de sua comunidade de fé. Com esse sólido alicerce na fé em Cristo, o agente da Pastoral Carcerária persevera diante do exigente trabalho com as pessoas presas.

(Texto a partir do manual “Formação para agentes da Pastoral Carcerária”, páginas 19 a 21)

 

FAÇA PARTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

Recommended Posts

Deixe um comentário