Pastoral Carcerária e FBAC realizam encontro em São Paulo

 Em Notícias

A Coordenação Nacional da Pastoral Carcerária e representantes da FBAC (Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados), federação que congrega as APACs do Brasil, reuniram-se no dia 09 de setembro para debater a relação entre as duas entidades e identificar temas relevantes para ambas organizações. Estiveram no escritório nacional da Pastoral o presidente da FBAC, Dr. Valdeci Antônio Ferreira, e seu gerente administrativo, Roberto Donizetti.
A Pastoral Carcerária é um serviço da Igreja Católica no Brasil, preocupada em prestar assistência religiosa e promover a defesa dos direitos humanos das pessoas privadas de liberdade. As APACs são uma iniciativa de católicos motivados por um tratamento mais humano aos que se encontram encarcerados, assumindo diretamente a execução penal de algumas unidades prisionais.
As duas entidades reafirmaram o compromisso de respeito e convivência mútuos e de que, embora ambas sejam formadas por voluntários católicos prestando serviços aos encarcerados, são autônomas, possuem missão e métodos distintos e, portanto, não devem ser confundidas nem por seus voluntários nem por autoridades públicas.
Os representantes de ambas entidades exteriorizaram o desejo de ter um mundo sem prisões e se colocaram contrários à privatização dos presídios, pela qual a pessoa humana e sua liberdade se tornam objeto de lucro. Também partilharam a indignação com relação às condições carcerárias atuais, em que prevalecem a superlotação, a tortura e outras formas de violações contra pessoas privadas de liberdade.
Os participantes expressaram o receio de que governantes busquem legitimar-se por meio de parcerias tanto com a Pastoral Carcerária quanto com a FBAC sem que isso resulte em redução do encarceramento em massa em favor da criação de oportunidades para condenados e a superação de uma justiça retributiva por uma justiça restaurativa.
Veja também:
http://www.fbac.org.br/index.php/noticias-site/693-pastoral

DEIXE UM COMENTÁRIO