Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Pastoral Carcerária do Maranhão elege nova coordenação estadual

 em Notícias

Capa Assembleia MaranhaoO Centro de Treinamento Diocesano João Paulo II, em Caxias, no Maranhão, foi sede, de 21 a 23 de novembro, da assembleia estadual da Pastoral Carcerária, atividade durante a qual foi eleita a nova coordenação da PCr do Maranhão.

Padre Roberto, da Arquidiocese de São Luís, foi eleito como coordenador estadual, e terá como vice a Irmã Cristina, de Santa Inês. Também foi escolhida como secretária a senhora Francisca Raquel, enquanto o Padre Elisvaldo Cardoso da Silva, até então coordenador da PCr maranhense, será o responsável pela tesouraria.

O tema da assembleia foi “Evangelizando e promovendo a liberdade”, e o lema “Ide e anunciai a toda criatura (Mc 16,15)”. Estes serviram de base para as orações, partilha de vivências, reflexões e palestras realizadas ao longo dos três dias

Em uma das palestras, Padre Elisvaldo falou sobre as missões, dificuldades e anseios da Pastoral, bem como do perfil e comprometimento do agente da PCr.

Padre Beto, da Diocese de Caxias, tratou do tema “Ser agente de pastoral carcerária hoje”. Ele mostrou que a PCr é uma pastoral de reconciliação, pois visa resgatar, por meio do perdão, a vida de quem está marginalizado. Ele lembrou que ser agente da Pastoral é reproduzir a imagem de Cristo, a partir de uma vida pautada no Evangelho.

Convidado a palestrar na assembleia, André Barreto, superintendente da Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (SEJAP) do Maranhão, apontou para as problemáticas do sistema carcerário no País e detalhou algumas alternativas de melhorias. Segundo ele, as más condições das prisões decorrem da falta de estruturação e no caso do Maranhão, especificamente, da escassez de recursos para o sistema prisional.

No dia 22 de novembro, os participantes da assembleia visitaram a Casa de Custódia de Presos e Justiça da cidade de Caxias, onde puderam, ao longo de uma hora, conversar do lado de fora das celas com os presos e atestarem as precárias condições sanitárias em que estão: celas sujas e com mau cheiro que impregna o ambiente.

Interna_inferior MaranhaoCom base nas reflexões ao longo da assembleia, os participantes apontaram que é preciso trabalhar questões práticas sobre a PCr nos encontros com os agentes e não apenas realizar palestras; Defenderam que as mulheres presas tenham os mesmos direitos a banho de sol do que os homens; Alertaram para a péssima qualidade da comida que é ofertada aos encarcerados; e comentaram que na visita aos presídios a intensa proximidade dos agentes carcerários dificulta uma interação mais aberta com os presos.

No último dia de atividades, Padre Elisvaldo sintetizou o que houve na assembleia nacional da PCr, realizada em novembro, em que houve ênfase na questão da justiça restaurativa e da defesa de direitos como bandeira da PCr. Foi ainda apresentada as atividades da coordenação regional entre 2012-2014; e decidiu-se que a próxima assembleia do Regional Nordeste 5 (Maranhão) acontecerá na cidade maranhense de Imperatriz, em novembro de 2015.

Recommended Posts

Deixe um comentário