Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Padre Valdir João Silveira receberá Medalha Nacional de Acesso à Justiça

 em Notícias

Interna ValdirO Ministério da Justiça conferirá, em 18 de dezembro, às 10h, em Brasília, a Medalha Nacional de Acesso à Justiça a personalidades com destacada atuação na democratização do acesso à Justiça no Brasil.

Entre os que serão condecorados está o Padre Valdir João Silveira, coordenador nacional da Pastoral Carcerária, desde 2010. Padre Valdir é formado em Filosofia e Teologia, foi ordenado sacerdote em Santarém (PA), em 1988, e atualmente pertence ao clero da Arquidiocese de São Paulo.

O Padre cursou, ainda, Formação Humana e Teologia, pela Universidade Católica do Paraná;  Mestrado em Teologia Moral, pelo Instituto Alfonsianum de Ética Teológica; e Melhoria na Gestão Penitenciária para a Incorporação dos Diretos Humanos pela escola Kings College London – International Centre for Prison Studies.

Ao ser comunicado sobre a premiação que receberá, Padre Valdir expressou que a Medalha reconhece todo o trabalho da Pastoral Carcerária no Brasil, mas que “ainda falta muito para termos o Judiciário que necessitamos”.

 

Sobre a medalha

A Medalha Nacional de Acesso à Justiça foi instituída pelo Ministério da Justiça, por meio da portaria nº 2.167, de 31 de maio de 2013.

A condecoração é conferida anualmente às pessoas físicas ou jurídicas que se distinguem pela prestação de contribuições relevantes para a promoção, ampliação e democratização do acesso à Justiça no Brasil.

A entrega da medalha sempre é feita em solenidade presidida por aquele que ocupa o cargo de Ministro da Justiça ou por seu representante.

Na solenidade de entrega deste ano, será feita homenagem ao ex-ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, recentemente falecido e se lembrará os dez anos da aprovação da Emenda Constitucional nº 45, em 2004, sobre a Reforma do Judiciário.

Recommended Posts

Deixe um comentário