Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Padre Antônio Carlos da Silva é eleito coordenador da PCr do Paraná

 em Notícias

Capa_interna_superior_novo_coordenador_paranaEm assembleia eletiva, entre os dias 14 e 15 de junho, com a presença de cerca de 50 coordenadores diocesanos e agentes da Pastoral Carcerária, foi eleita a nova coordenação estadual da PCr no Paraná.

O coordenador eleito é o padre Antônio Carlos da Silva, da Arquidiocese de Maringá, tendo como vice a irmã Luciene de Melo, da Diocese de Toledo; como secretária Cristina da Silva Souza Coelho, da Arquidiocese de Londrina; como tesoureiro Edson Fabiano Vasconcelos, da Diocese de Paranavaí; e como representante da província de Curitiba ficou o Diácono Manoel Pereira da Silva e como articulador da Justiça Restaurativa no Estado, Luiz Jadilmo Bedatty, da Arquidiocese de Cascavel.

A assembleia aconteceu no Centro Pastoral Passionista, em Ponta Grossa, e também buscou avaliar e fortalecer a caminhada dos agentes da PCr, para que se revigorarem na comunhão e lançam-se à missão de levar o Evangelho de Jesus Cristo às pessoas presas.

Dom João Alves dos Santos, bispo referencial para a Pastoral Carcerária no Paraná, esteve presente no encontro e falou sobre o anseio dos bispos do Regional Sul 2 de fazer acontecer, com mais ênfase, a Pastoral no sistema prisional e nas políticas penais, uma vez que no Paraná há mais de 32 mil pessoas privadas da liberdade.

Interna_inferior_Assembleia_parana_internaPadre Valdir João Silveira, coordenador nacional da Pastoral Carcerária, que assessorou a assembleia junto com o padre Mário Spaki, secretário executivo do Regional, fez uma análise de conjuntura do sistema prisional brasileiro: ressaltou o encarceramento em massa e a necessidade de que sejam realizadas ações coordenadas e de enfrentamento “a esse terrível sistema de pecado: o sistema penal brasileiro”.

Os agentes desta Pastoral mostraram consciência da importante missão que realizam e dos desafios cotidianos que enfrentam, ancorando suas atividades na frase do Evangelho “foi a mim que o visitastes”, dita pelo próprio Senhor Jesus Cristo, que se identificou com quem está preso.

Fonte: Arquidiocese de Maringá

Recommended Posts

Deixe um comentário