Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Nota da Pastoral Carcerária Nacional em virtude do falecimento do Padre Ney Brasil Pereira

 em Notícias

 

“Eu vim para que todos tenham vida,

E vida em abundância.”

(Jo 10, 10)

Ney_BrasilÉ na certeza de que a Vida sempre prevalece que recebemos a notícia da Páscoa do Padre Ney Brasil Pereira. Sua caminhada pastoral e seu exemplo de vida são férteis sementes para a história e a missão evangelizadora de nossa Igreja e, claro, da Pastoral Carcerária em todo o Brasil.

Nascido em 04 de dezembro de 1930, em São Francisco do Sul, Santa Catarina, Padre Ney começou a sua atuação na Pastoral Carcerária em 1974, quando já era professor do ITESC (Instituto Teológico de Santa Catarina). Aliás, no ITESC, onde esteve por décadas, além de professor ele também foi secretário-geral e redator e revisor da revista do instituto. Como membro da Pastoral Carcerária, visitando periodicamente as unidades prisionais catarinenses por mais de 40 anos, foi o articulador da PCr no Estado de Santa Catarina, participando ativamente, ainda, de órgãos de defesa dos direitos humanos. Também fez parte da coordenação da PCr do Regional Sul da CNBB nos anos 1990 e, ao lado do Padre Chico (Padre Roberto Francis Readon), do Irmão João Orestes Fagherazzi, e do Padre Bruno Trombetta, deu contribuições decisivas para a organização nacional da Pastoral Carcerária, especialmente na produção de artigos e reflexões pastorais e teológicas, e na organização de seminários e encontros.

Liturgista, Padre Ney foi membro do Grupo de Reflexão de Música Litúrgica da CNBB. Com ativa participação na Campanha da Fraternidade 1997, “A Fraternidade e os Encarcerados”, chegou a compor umas das músicas da CF daquele ano. Compôs muitas outras, que estão contidas nos hinários litúrgicos da CNBB.

A nossa gratidão a Padre Ney é continuar sendo uma Pastoral Carcerária profundamente profética e comprometida com a vida de cada pessoa presa e suas famílias, seguindo os passos do Jovem de Nazaré e buscando insistentemente um mundo sem prisões.

Pastoral Carcerária Nacional

4 de janeiro de 2017

Últimos posts

Deixe um comentário