Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Em 2013, Pastoral tem maior presença nos cárceres da Bahia

 em Notícias

Capa_PCr_avaliacao_BahiaO Site da PCr Nacional dá sequência à série de reportagens sobre as atividades da Pastoral nos estados, retratando, desta vez, como foi o ano de 2013 na Bahia.

Segundo Francisco Carlos Almeida, o Franco, coordenador estadual da Pastoral, uma série de iniciativas foram realizadas na assistência aos presos e egressos, tais como o uso do Subsídio de Catequese da Pastoral Carcerária em unidades prisionais de Salvador; atendimento jurídico e encontro mensal de Oração e Diálogo com egresos; além da Jornada de Libertação com Cristo nos Presídios, que acontece anualmente.

A capacitação dos agentes não foi deixada de lado: houve a realização de um curso em maio; uma missa de envio para novos agentes, em setembro, presidida por dom Murilo Krieger, arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil; curso para novos agentes no interior do estado; além de atividades diversas nas celebrações litúrgicas.

Interna_inferior_avaliacao_BahiaDe acordo com Franco, no comparativo com 2012, a Pastoral Carcerária na Bahia avançou na quantidade de agentes, 84, e na visita às unidades prisionais, que acontecem semanalmente em dez presídios.

A PCr também está presente no conselho da Secretaria Penitenciária e Ressocialização, no Conselho da Comunidade, no Grupo Tortura Nunca Mais e Direitos Humanos; e colaborou na realização dos projetos Leitura nos Cárceres e Liberdade e Cidadania. Sobre este último, que ajuda os egressos a serem empreendedores, Franco lamentou que “ultimamente, não sentimos os resultados esperados”.

O coordenador estadual lembrou que a PCr constatou que em todo o estado há superlotação carcerária, incluindo as delegacias de Salvador, mas que existem experiências positivas como uma delegacia no Largo do Tanque, que presta atendimento de Justiça Restaurativa.

Para 2014, Franco visualiza que a Pastoral Carcerária estadual priorizará os cursos de formação para os agentes nas dioceses; e deseja que haja uma relação ainda melhor com a coordenação nacional da PCr, inclusive no que se refere a intervenções de questões a serem tratadas com as autoridades estaduais.

Recommended Posts

Deixe um comentário