Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Bispo visita presídio em Montenegro (RS)

 em Notícias

PCR MontenegroA sexta-feira, 20 de dezembro, foi de surpresa para os presos da Penitenciária Modulada Agente Jair Fiorin (Pesqueiro), em Montenegro (RS). Logo pela manhã, eles receberam a visita de dom Paulo De Conto, bispo de Montenegro, e de Carlos Deonísio Flores, coordenador da Pastoral Carcerária diocesana.

O propósito da visita foi levar uma palavra de fé, apoio e confiança aos apenados, especialmente por conta da proximidade do Natal. “Eles precisam saber que não estão sozinhos, não estão abandonados”, disse dom Paulo.

A cada módulo visitado, dom Paulo conduzia com os presos uma pequena celebração, marcada por um momento de perdão, pela gratidão às bênçãos recebidas, pela leitura do Evangelho de Lucas, em que é narrado o nascimento de Jesus, pela oração do Pai Nosso e pela adoração ao Menino Jesus ao som do clássico natalino “Noite Feliz”.

“Olhamos para Jesus. Ele foi preso e condenado também. Passou pela experiência dolorosa de vocês. Mas ressuscitou e está em nosso coração. Que vocês se sintam encorajados e com esperança enquanto vivem este tempo de provação. Rezo todos os dias por vocês. O Bispo tem grande consideração com todos que estão presos. Aqui também é uma família. Celebremos o Natal nesta família”, afirmou o Bispo.

A população carcerária no presídio é de aproximadamente 400 homens e há, ainda, 50 mulheres presas no anexo feminino. A maioria é jovem, tem entre 20 e 25 anos, e possui baixa escolaridade, em média, até a quinta série do ensino fundamental. Desde 2012, por determinação judicial, a penitenciária não recebe novos presos, isso porque precisam ser concluídas as obras de reestruturação do sistema de tratamento de esgoto.

Segundo o diretor da Penitenciária, Rogério dos Santos Ramos, grande parte dos presos não possui documentos e muitos estão encarcerados por envolvimento com o tráfico de drogas.

Atenta a essas realidades, a Diocese de Montenegro tem incentivado as ações da Pastoral Carcerária, que ainda está em processo de implantação em âmbito diocesano.

Fonte: Diocese de Montenegro (RS)

Últimos posts

Deixe um comentário