Agentes da PCr do Regional Oeste 1 recebem certificado de curso de extensão

 Em Notícias

1311 PCr Centro OesteEm 7 de novembro, agentes da Pastoral Carcerária das dioceses do Regional Oeste 1, no Mato Grosso do Sul, receberam o certificado do Curso de Extensão para Novos Agentes, realizado em parceria com a UCDB-Universidade Católica Dom Bosco. A capacitação foi destinada a preparar agentes religiosos da Igreja Católica para atuarem em presídios do Estado.
O evento foi coordenado pelo arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, que em discurso enfatizou que a Pastoral Carcerária tem como objetivo primordial a educação, a celebração e a concretização da fé das pessoas que vivem e trabalham nas prisões. Ele foi auxiliado pelas coordenadoras da Pastoral Carcerária: Zilda Maria Nacao e Carmelita Moura Fé.
O curso abordou temas como Regimento Interno da Pastoral do Menor, Perfil da Espiritualidade do Agente de Pastoral do Menor e Carcerária, Redução da Maioridade Penal, Medidas Socioeducativas do ECA, Plano Decenal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Estrutura do Sistema Penitenciário de MS, Lei de Execução Penal, Pastoral da Sobriedade e Dependência Química, Reinserção do Preso, Primeiros Passos na Abordagem do Preso pelo Agente, O Perfil do Preso no MS, Facções nos Presídios, Realidade Prisional, Trabalho do Preso e Ressocialização, Mapa da Violência no MS com Foco na Criança e Adolescente, Estudo do subsídio “Agentes da Pastoral Carcerária”. Com 36 horas/aula, o curso de capelania da Igreja Católica foi realizado durante seis encontros, com 35 formandos.
Durante a cerimônia, a chefe da Divisão de Promoção Social da Agepen, Alessandra Siqueira, prestou orientações gerais sobre a assistência religiosa no cárcere e quanto à nova “Portaria de Assistência Religiosa” da agência penitenciária.
“Foi um momento rico de estreitamento dos laços de parceria e apoio ao serviço de assistência religiosa prestado pela Pastoral Carcerária de Campo Grande”, destacou aZilda Nacao.
Ao término deste encontro formativo, os seminaristas Neif e Wellington apresentaram suas experiências pastorais sobre a visitação familiar de presos, em Campo Grande (MS).
 
O agente da PCr como animador para a formação cristã nos cárceres
“O agente da Pastoral Carcerária deve ser uma pessoa que não desanima diante das dificuldades, mas, com espírito comunitário e fraterno, busca entendimento e parcerias para a superação das limitações impostas… O agente da Pastoral Carcerária necessita ter, em seu perfil, as características básicas de um animador para a iniciação à vida cristã. O perfil do discípulo-missionário é um ideal a ser conquistado, olhando para Jesus, modelo de Mestre, de servidor e de catequista. Sendo fiel a esse modelo, é importante desenvolver as diversas dimensões: ser, saber, saber fazer em comunidade”.
(Extraído do manual “Agentes da Pastoral Carcerária – Discípulos e missionários de Jesus Cristo”, página 14).
 
FAÇA PARTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

DEIXE UM COMENTÁRIO