Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

80% dos presídios estão superlotados na região de Presidente Prudente (SP)

 em Notícias

1811 Presidio_Regiao_Presidente_PrudenteEm 19 dos 24 presídios da região de Presidente Prudente, no oeste Paulista, há superlotação carcerária, conforme dados da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), referentes a 30 de outubro, obtidos pelo Portal G1.

No total, 24.985 pessoas estão encarceradas nessas unidades prisionais, mas a capacidade total é para 15.211 vagas. Os presídios que têm o maior número de presos acima da capacidade são os de Marabá Paulista e Pracinha: cada um foi construído com capacidade para 768 pessoas, mas encarcera 1.747 presos.

Segundo o Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Oeste do Estado de São Paulo (Sindasp), a superlotação dos presídios causa insegurança, sobrecarga de trabalho e dificuldade de atuação dos agentes dentro da unidade prisional.

Familiares dos presos também reclamam das condições. A irmã de um homem preso na Penitenciária de Montalvão afirmou que ele divide cela com outros 19 detentos, mas só há 12 camas, e ainda enfrenta problemas com a qualidade da alimentação.

Para governo de SP, a solução é construir mais presídios

Em resposta à reportagem do Portal G1, a Secretaria da Administração Penitenciária disse que está em andamento o Plano de Expansão de Unidades Prisionais, que prevê a construção de 49 novos presídios, gerando mais de 39 mil novas vagas.

Sobre as reclamações nas penitenciárias da região de Presidente Prudente, 80% das quais superlotadas, a SAP diz que trabalha para “proporcionar melhores condições aos detentos, com mais dignidade e segurança para presos e servidores”.

CLIQUE AQUI E LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NO PORTAL G1

Recommended Posts

Deixe um comentário