Padre Valdir fala ao clero da Arquidiocese de São Paulo sobre as prisões

 Em Igreja em Saída

Em 15 de fevereiro, os diáconos e presbíteros da Região Episcopal Belém, na Arquidiocese de São Paulo, participaram da primeira reunião do clero, com a participação de Dom Luiz Carlos Dias, bispo auxiliar de São Paulo.  Padre Valdir Belem
Um dos temas da pauta da reunião foi a situação alarmante dos presídios do país. Padre Valdir João Silveira, coordenador nacional da Pstoral Carcerária, apresentou uma análise conjuntural dos cárceres brasileiros.
“Presídio é feito para manter a desigualdade social. É a continuidade do palanque da senzala”, expressou.
O coordenador nacional da Pastoral Carcerária também apresentou aos participantes a Agenda Nacional pelo Desencarceramento, proposta da Pastoral Carcerária e por outras entidades, que entre os principais propõe a desmilitarização da polícia, o combate à tortura, a vedação a privatização das prisões e a descriminalização do uso e comércio de drogas.
A todos os participantes do encontro o Padre Valdir entregou uma carta com a síntese das ideias que expôs
 
Fonte: Jornal O SÃO PAULO/Peterson Prates

DEIXE UM COMENTÁRIO