Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Bispos venezuelanos denunciam violação de direitos dos detentos

 em Igreja em Saída

A Conferência Episcopal Venezuelana (CEV) expressou sua preocupação com a situação carcerária naquele país e exortou as autoridades a garantir os direitos das pessoas presas, como estabelecido na Constituição e no Código Penal venezuelano.

Em comunicado publicado na festividade de Nossa Senhora das Mercês, em 24 de setembro, assinado pelo Arcebispo de Coro, Dom Roberto Luckert, presidente da Comissão Justiça e Paz da CEV, os bispos exortam “o governo, por meio de seus órgãos competentes, a respeitar e fazer respeitar os direitos e garantias de que gozam os detentos e suas famílias”, diz a nota.

O texto ainda sublinha: “pedimos aos funcionários que busquem a verdade, o senso de equidade e a tempestividade em seu trabalho”, porque nos cárceres venezuelanos estão sendo violados os direitos fundamentais dos detentos.

A este respeito, citam-se a superpopulação dos cárceres, a total “carência” de estruturas e regras médicas, “o uso excessivo da força pelas autoridades”, o atraso nos processos judiciais, a existência de grupos de detentos com licença de cometer atividades criminosas dentro dos cárceres. Além disso, as famílias dos prisioneiros sofrem tratamentos “desumanos e degradantes”.

No dia 4 de setembro, Tarek William Saab, Defensor do Povo (organismo de defesa dos direitos dos cidadãos), denunciou a superlotação dos cárceres do país, definindo-a “inédita”, pois é dez vezes maior do que a capacidade das estruturas penitenciárias, com mais de 30 mil detentos em todo o território.

De modo especial, os envolvidos são os que estão à espera de processo e aqueles que aguardam a transferência para centros de detenção em quarteis da polícia ou da guarda nacional.

Fonte: Agência Fides

Recommended Posts

Deixe um comentário