Agentes da Pastoral Carcerária marcam presença no 14° Inter-eclesial em Londrina

 Em Igreja em Saída, Notícias

Por Pe. Gianfranco Graziola
Foi surpreendente e gratificante encontrar no 14° Inter-eclesial de Londrina uma significativa presença da Pastoral Carcerária, vinda de todos os recantos do País, para celebrar com os cerca 3300 delegados, entre os quais 60 bispos, a utopia e a alegria do projeto do Reino de Deus vivido e traduzido na vida e na experiência das comunidades cristãs.
Significativo foi também o tema escolhido para este momento: “CEBs e os Desafios no Mundo Urbano”, com o lema “eu vi e ouvi os clamores de meu povo e desci para libertá-lo (Ex.3,7)”.
Tema e lema em sintonia com nosso dia a dia pastoral, assim como os debates das mini-plenárias, tratando e debatendo o dia a dia do povo, seus sonhos e necessidades básicas, cuja ausência é causa de violência e encarceramento em massa.
Aproveitando essa ocasião, houve um pequeno encontro com a presença de Dom Henrique Aparecido de Lima, Bispo de Dourados (MS) e referencial da Pastoral Carcerária Nacional, e de Dom Francisco Cota de Oliveira, Bispo auxiliar de Curitiba e Bispo referencial pela Pastoral Carcerária do Paraná.
Muitos dos presentes agradeceram esta oportunidade como momento de encontro e de conhecimento,  para reafirmar e consolidar seu compromisso com a caminhada de uma Igreja samaritana e em saída.
Em relação aos debates da Pastoral Carcerária, tendo em mente o nosso grande compromisso de trabalhar para um “mundo sem cárceres”, discutiu-se as propostas da Agenda Nacional pelo Desencarceramento, a questão da mulher presa e que tipo de trabalhos serão realizados em 2018, o “Ano Nacional do Laicato”.
 

DEIXE UM COMENTÁRIO