2018, o Ano do Laicato

 Em Igreja em Saída

Por Carlos Antonio da Silva
A Igreja do Brasil com alegria instituiu 2018 como o ano do leigo, para de forma sincera agradecer idosos, adultos, jovens e crianças que anunciam a boa nova a todos os povos, sem medo e com muita alegria.
Mais do que batizados, são esses atores da evangelização que não se cansam em anunciar que podemos viver em um mundo de solidariedade e misericórdia, se colocarmos em prática os ensinamentos de Jesus.
Me recordo de uma canção do padre Zezinho que dizia: “Jesus Cristo me deixou inquieto com as palavras que ele proferiu, nunca mais eu pude olhar o mundo sem sentir aquilo que Jesus sentiu”.
Essa inquietação, que não nos deixa indiferentes diante das injustiças, do abandono, da exclusão, da falta de paciência e nos faz acreditar que mesmo diante de todas as dificuldades é possível sim viver num mundo muito melhor; mas para que isso aconteça, cada um de nós deve viver o evangelho em sua vida.
Se quisermos um mundo melhor, nós devemos ser os protagonistas desse novo momento, e uma das muitas formas de tornar isso real é nos colocando à disposição da Igreja e de Cristo através de uma pastoral.
É no trabalho pastoral do dia a dia que vamos convivendo e se revela para nós a face do Senhor nos mais necessitados. Não tenhamos medo de abraçar com fé a missão que Ele nos confiou desde o nosso batismo.
Sejamos sal e luz na busca por paz e felicidade, num mundo cheio de conflitos, tristeza, angustia e injustiça. Anunciemos ao mundo que Jesus é o caminho a verdade e a vida.

DEIXE UM COMENTÁRIO