Highslide for Wordpress Plugin
Notícias › 13/09/2013

Em videodocumentário, famílias reclamam de revista vexatória na Bahia

Muralha_de_acoExibido recentemente, em cinco capítulos, pela TV UESB, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, o videodocumentário “Muralha de Aço”, trata da realidade dos presos do Presídio Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista (BA).

Superlotação carcerária, más condições de higiene e de acomodação foram alguns dos problemas apurados pela jornalista Luciane Macário e os repórteres cinematográficos Paulo Kalled, Leonardo Cardozo e Jackson Soares, em entrevistas com os detentos.

Junto aos familiares de presos e presas, uma reclamação comum foi a obrigatoriedade de se submeter à revista vexatória para ter contato com seus entes queridos.

“Eles alegam que é uma norma da cadeia a revista, mas é muito humilhante. No caso da minha mãe mesmo, que é uma pessoa trabalhadora, que faz de tudo para manter aos meus irmãos e a ela própria, chegar aqui numa sexta-feira, num domingo, e ter que se expor da maneira como se expõe…”, lamentou, entre lágrimas, uma das entrevistadas.

“É humilhante você passar pela revista. Você fica qualificada também como bandida, a verdade é essa”, avaliou uma visitante do presídio.

“É assim, uma humilhação, tirar a roupa toda. Eu gostaria que botassem um detector de metal ou outra coisa pra gente não passar por isso”, comentou outra entrevistada.

ASSISTA AO CAPÍTULO DA SÉRIE QUE TRATA DA REVISTA VEXATÓRIA


Pastoral Carcerária Nacional – CNBB

Praça Clovis Bevilácqua, 351, conj. 501 – Centro CEP 01018-001 – São Paulo, SP
Tel/fax (11) 3101-9419 – E-mail: imprensa@carceraria.org.br

Copyright 2017 © Todos os direitos reservados