Highslide for Wordpress Plugin
Notícias › 16/12/2014

Em missa com bispo de Petrópolis, presos em Magé (RJ) vivenciam um Natal de fé

Interna missa em PetropolisNa solenidade da Imaculada Conceição de Maria, em 8 de dezembro, Dom Gregório Paixão, bispo de Petrópolis, presidiu missa por ocasião do Natal na Cadeia Pública Hélio Gomes, na cidade de Magé (RJ), tendo por concelebrante o vigário episcopal da Caridade, Padre Rafael Soares da Silveira.

A Pastoral Carcerária da Diocese de Petrópolis, que já realiza semanalmente visitas nesta unidade, participou ativamente da celebração. Antes de ser iniciada a missa, os agentes realizaram a acolhida dos presos, recepcionando-os com alegria, cantando e os motivando a viver de coração aberto à eucaristia, que viria a ser celebrada naquele local.

Um dos agentes dizia: “Cristo que estar com vocês neste momento de dor e sofrimento. Por isso, ele vem nessa manhã estar com vocês aqui, presente em Corpo e Sangue, Alma e Divindade, somente por amor”.

Participaram também dois seminaristas diocesanos do Seminário Nossa Senhora do Amor Divino. O objetivo foi introduzi-los à missão evangelizadora da Igreja junto aos mais necessitados e marginalizados, já neste período de formação.

A participação dos presos foi intensa. Eles cantaram e rezaram junto com os agentes e, mesmo com a diversidade do ambiente, não dispersaram a atenção do que estava ocorrendo durante a celebração.

Na homilia, Dom Gregório enfatizou: “Deus enviou o seu Filho para nos dizer: Eu não desisti da sua vida e estou ao seu lado e nos momentos mais difíceis. Eu quero ser presença em sua própria existência. Portanto, meus irmãos, que o nosso olhar se volte para o essencial que está em amar a Cristo Jesus, amar o Senhor de todo o coração, de toda a alma. Ele nos ama e não podemos ter dúvidas, pois, quando olhamos para a vida de Cristo Senhor, vemos que Ele, sendo Deus, não se prevaleceu de sua condição divina, mas quis habitar em nosso meio para que, assim, nós não permanecêssemos no pecado”.

O Bispo também disse que com aquela celebração se cumpria a passagem do Evangelho, em que Jesus fala “Estive preso, e fostes me visitar” (Mt 25,36). “Nós vemos em vocês Jesus aprisionado e, por isso, estamos aqui. E por vocês, nós rezamos diariamente. Creiam: vocês não estão sozinhos frente aos desafios deste mundo. Portanto, acreditem naquele que é o Senhor e abram o coração para aquele que deseja para vocês, única e exclusivamente, a alegria e a liberdade. E que o Senhor os proteja nesta caminhada, para que, vivendo desde agora o Natal do Senhor, vocês possam nascer para uma vida nova de coração e alma totalmente entregues na mão do Senhor”.

Ao final da celebração, aconteceu a confraternização entre os participantes, que realizaram um momento de louvor a Deus, com animação e oração.

Reportagem: Alexandre Nunes da Conceição/PCr de Petrópolis


Pastoral Carcerária Nacional – CNBB

Praça Clovis Bevilácqua, 351, conj. 501 – Centro CEP 01018-001 – São Paulo, SP
Tel/fax (11) 3101-9419 – E-mail: imprensa@carceraria.org.br

Copyright 2018 © Todos os direitos reservados