Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

Padre Valdir: ‘As senzalas tinham mais ventilação’

 em Combate e Prevenção à Tortura

Capa_padre_ValdirA estréia do documentário “Sem Pena”, vencedor do prêmio do júri popular do 47º Festival de Brasília, tem gerado uma série de reportagens sobre os sistemas prisional e judiciário no Brasil. Uma destas foi publicada pelo jornal O Globo, em 11 de outubro.

Entrevistado para a reportagem, padre Valdir João Silveira, coordenador nacional da Pastoral Carcerária, comentou sobre a falta de higiene e conforto a que são submetidos os presos no Brasil. Ele relatou de forma específica as condições das pessoas encarceradas no Acre e no Amapá, estados da Região Norte, que visitou em setembro.

“Há pessoas feridas, machucadas, doentes. Ratos que brincam nos corredores, baratas. É um ambiente doentio, feito para matar as pessoas. Em algumas celas, o espaço é tão pequeno ou cheio que não dá para se deitar. As pessoas são obrigadas a dormir sentadas e enfrentar altas temperaturas. As senzalas tinham mais ventilação”, afirmou ao jornal.

No filme “Sem Pena”, detentos, egressos, especialistas e autoridades dão testemunhos que intensificam o debate sobre os sistemas judicial e prisional brasileiro. Eles falam sobre os direitos dos detentos, prisões arbitrárias, morosidade da Justiça e desrespeito.

Interna_inferior_O_Globo“As pessoas vivem essa onda de violência, que é cada vez mais crescente, e a resposta imediatista é: vamos endurecer as penas, prender mais, reduzir a maioridade penal. O que o filme se propõe a discutir é que já estamos prendendo muito. O Brasil é o país onde mais cresce a população presa. A violência está melhorando? Ou ela está se acentuando mais?”, disse, à reportagem, Marina Dias, ex-presidente do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), organização da sociedade civil parceira da Heco Produções na realização do filme.

LEIA A ÍNTEGRA DA REPORTAGEM DO JORNAL O GLOBO

Recommended Posts

Deixe um comentário