Connection Information

To perform the requested action, WordPress needs to access your web server. Please enter your FTP credentials to proceed. If you do not remember your credentials, you should contact your web host.

Connection Type

‘Sistema carcerário gera mais violência dentro e fora das prisões’, dizem pesquisadores

 em Agenda Nacional pelo Desencareramento

Interna_violenciaA situação das prisões na América Latina, em geral, tende a se agravar em função do uso indiscriminado do recurso do cárcere, afirma Gustavo Plat, integrante do Centro de Estudos Legais e Sociais (CELS), da Argentina.

Em 2 de outubro, ele participou I Seminário Internacional de Pesquisa em Prisão, realizado em São Paulo, no marco dos 23 anos do Massacre do Carandiru.

Segundo Gustavo, o recurso do cárcere tem sido amplamente utilizado por meio de prisões preventivas ou de reformas legais, que visam a aumentar as penas, o que reflete em uma maior violência também no âmbito de trabalho, desempenho e de desenvolvimento social, estendendo-se às comunidades e famílias. De acordo com ele, Cuba e Brasil são os países que apresentam as taxas mais elevadas de presos por grupos de 100 mil habitantes na região.

“O principal desafio é como exibir os efeitos nocivos dessa política e como intervir de uma maneira que tenha incidência para mudar o rumo desses critérios que, definitivamente, não conduzem a nada de bom, só geram mais violência, dentro e fora da prisão. Então, o desafio passa por como demonstrar ou como persuadir atores políticos ou atores sociais sobre a inconveniência dessa política”, analisou.

Para Camila Nunes Dias, professora e pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV/USP), mesmo com um sistema carcerário caótico e desastroso, “as autoridades brasileiras não se sentem constrangidas a darem uma explicação. Um exemplo disso é o Massacre do Carandiru e a população que apoia essa violência prisional”, lamentou.

 

Fonte: Adital

FAÇA PARTE DA PASTORAL CARCERÁRIA

Recommended Posts

Deixe um comentário