Hospitais de custódia e revista vexatória preocupam PCR da Arquidiocese de São Paulo